BIOGRAFIA

 

 

 

__________

 

 

 

Eu sou Samuel Luna, mas pode me chamar de Samuca, eu prefiro. É mais simpático.  Sempre fui metido a ser artista. Quando pequeno já fazia parte de tudo que fosse teatrinho na escola. Eu amava aquilo. Em casa vivia aprontando alguma coisa: circo, teatro de bonecos, encenações para os amigos. Todo mundo sempre disse: esse menino vai ser artista.

 

Comecei a tocar violão com 11 anos. Meu pai me ensinou os primeiros acordes. Ainda adolescente fiz minha primeira apresentação tocando e cantando, nunca esqueço. Cantei "Dia Branco" do Geraldo Azevedo e "Chuva de Prata" da Gal Costa, ao lado de uma amiga que cantava divinamente, numa festa de dia das mães do colégio Sete de Setembro em Caruaru.

 

Eu me encantei com a música. Formei com amigos uma banda chamada Nove Luas. Posso dizer que foi meu primeiro sucesso. Rsrsrs. Aos poucos conquistamos nosso espaço no interior pernambucano. Fomos convidados para tocar e abrir as melhores festas de rock que existiam por lá. Abrimos para Jota Quest, Lulu Santos, Kid Abelha e até Sandy & Jr.

 

Sempre fui ator também. Em 1994 fiz meu primeiro curso de iniciação. Depois, absolutamente apaixonado pelo teatro, participei de diversos cursos: direção teatral, iluminaçãoo, sonoplastia, fiz até curso de máscaras. Encenei alguns espetáculos como ator.

 

Esse meu lado ator acabou me levando para outra atividade: a televisão. Fiz muitos comerciais de tv, o chamado garoto propaganda. Não confundir com garoto de programa, viu? Eu tinha um sorriso lindo na tela, acredite. Acabei desenvolvendo alguns projetos para a afiliada Globo do interior de PE, como programas de vestibular e até um especial sobre a Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, que produzi, escrevi, apresentei, fiz tudo. 

 

Além de tocar , cantar e interpretar, eu também amava e amo, produzir eventos. Aos 16 anos de idade já estava lá fazendo algo. Minha primeira graaaaande produção foi o show de um mágico. Deu 5 pagantes em dois dias de apresentação. Não foi um grande sucesso. 

 

Mas peguei gosto pela produção e aos poucos fui ganhando fama e aprendendo a investir. Resultado? Trouxe alguns dos maiores nomes da música brasileira para o Nordeste sob a minha produção: Charlie Brown Jr, Frejat, Leoni, Catedral, Tiê, Ana Cañas, Nando Reis, Humberto Gessinger, Ls Jack, Dado Villa-lobos (Legião Urbana), entre outros.

 

Em 2015 eu lancei meu projeto mais bem sucedido: Cronovisor. Um show-espetáculo sobre vida e obra de Renato Russo. Esse show me levou para o mundo. Estive em todos os estados brasileiros e diversos países.

 

É óbvio que não posso deixar de citar minha grande paixão também; a psicologia. Sou psicólogo desde 2010. Mudou minha vida. Em tudo que faço, em tudo que penso, sempre há um pouco (ou muito) de psicologia envolvida.

 

 

FOTOS DE DIVERSOS MOMENTOS

 

 

ANTIGOS TRABALHOS NA AFILIADA GLOBO DO INTERIOR DE PERNAMBUCO, TV ASA BRANCA.